quarta-feira, 25 de abril de 2018

Notas sobre construção: fazendo um traje de baile império

    Fiz esse vestido faz muito tempo... em abril de 2017, sendo mais específica. O principal motivo para eu não ter postado antes sobre como fiz ele foi que eu simplesmente me esqueci de ir tirando fotos durante o processo. Era uma peça simples então acabei me empolgando e fui costurando sem parar, rs.

    Ainda sim, senti vontade de registrá-lo da mesma forma que faço com os outros, ainda que esse post não seja tão detalhado como de costume, resolvi falar sobre.

Modelo e inspiração

    Fiz esse vestido para o III Picnic Jane Austen e minha principal inspiração foi um dos figurinos de Becoming Jane. Também dei uma pesquisada em peças originais e acabei me decidindo por um design básico, muito usado durante a década de 1800-10s.

Molde e corte

    O molde eu tracei a partir de métodos modernos (ainda que me inspirando em moldes de vestidos históricos) e é bem simples. Sem recortes no corpete. Com a parte da saia em evasê na frente e franzido atrás. Minha principal referência foi a imagem acima, do Practical Costume


Construção

    Foi um vestido bem rápido de fazer, eu costurei em um dia. A faixa abaixo do busto é reforçada com brim e as costas fechadas com fita de cetim em laços (o que depois substituí por zíper por praticidade). Eu montei primeiro o franzido da frente do corpete com a faixa, então costurei a saia. Segui a mesma ordem nas costas e então costurei frente e costas pra só então costurar as mangas. Detalhes como a faixa abaixo do busto e guipir foram acrescentados depois.


Essa é a única foto que tirei durante o processo, quando eu já estava provando.

Underwear e acessórios


    Como roupa de baixo usei a chemise longa e o short stays que eu já havia feito para outro traje. Não é meu conjunto de traje de baixo histórico mas bonito mas é funcional e proporciona a silhueta correta do período.


    Os acessórios que escolhi eram básicos e simples também, só para compor o visual mesmo. Dei sorte de achar uma sapatilha bem parecida com os sapatos da época, o que é importante quando o vestido não tem cauda e você acaba mostrando os pés. Também usei meu spencer junto, não só pra tirar fotos mas também por causa do clima, que resolveu esfriar ao final do evento.

Resultado

Fotos por Ítalo Vinícius (Pictografia Digital

    Gostei bastante! Gosto de me dedicar a trajes complexos mas também acho agradável fazer algo simples e rápido como esse. A única coisa que me incomodou foram as fitas para fechar o vestido atrás, que apesar de historicamente corretas não achei tão bonito e nada prático, então substituí por zíper. O que gosto nesse vestido é que por ele ser básico eu consigo compor com outras peças e então ter vários visuais diferentes.

    Já tem aqui no blog um ensaio com as fotos da primeira vez que usei esse vestido, clique aqui pra ver. Espero que tenham gostado do post. 

Principais referências:

Jane Austen: Sew a regency gown
Pratical II Costume, Emma Siechart (molde)

Um comentário:

  1. Ficou muito interessante o resultado. Obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião! Não se esqueça de marcar a caixinha do 'notifique-me'; ou deixar um email de contato para que eu possa te responder.