quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Traje de passeio 1890s

Inspiração:



     Estava assistindo Penny Dreadful nas últimas semanas e sou completamente apaixonada pelo guarda roupa da Vanessa Ives, confesso que fico desejando mil coisas! Então resolvi fazer algo inspirado nela pro Picnic Vitoriano desse ano. Mas também dei uma pesquisada na moda da década de 1890 pra ter mais algumas referências. A ideia era fazer algo bem vitoriano tardio, entre 1895-1900.

    No final das contas o modelo que eu desenhei foi esse, juntando referência da série e de peças históricas:



Underwear:



    Como a camisa é rendada, achei que uma chemise branca não ficaria bom então fiz outra em preto (baseada nesse modelo aqui).



    Também fiz drawers combinando, a partir do molde da combinação que também usei no meu traje 1880s.



    O corset é um underbust da Josette Blanchard que achei perfeito pra época por ter um estilo puxado mais pro Eduardiano (o que faz sentido em um traje do final da década) e uma curva de cintura mais dramática. No dia do evento acabei esquecendo de usar uma anágua, que seria o ideal.

Traje:



    A saia que eu usei é a mesma do meu traje 1880. A camisa é uma shirtwaist feita em algodão com detalhes em renda  e o modelo eu escolhi a partir de uma peça de museu.




    A construção do casaco (feito em microgabardine e com detalhes em plush) é simples, com uma modelagem atual. Só coloquei forro (em brim) em parte da peça, onde também usei barbatanas. Pra manter a parte de trás da gola em pé usei um material emborrachado que não sei o nome correto. O casaco é fechado por colchetes.



    Só depois que o casaco ficou pronto que decidi acrescentar os detalhes em soutache e os alamares porque achei que a peça precisava de algum enfeite. Procurei mais referências de design e fiz alguns testes e no final das contas me decidi por algo mais discreto mesmo.

Acessórios e cabelo:

Foto por Cleusa Vargas

    Estou com o cabelo mais curto que o de costume então tive que reaprender a fazer penteados, rs. Dessa vez ele só está preso pra cima de uma forma simples. Utilizei camafeus, e como eu queria reforçar esse ar mais 'sombrio' do traje um anel de cobra. Pode parecer estranho mas pelo que eu pesquisei existiam jóias vitorianas com cobras e serpentes.

Resultado final:


Fotos por Cleusa Vargas


    Fiquei bem satisfeita! O único detalhe que me incomodou foi essa enrugada que o casaco dá na região da cintura, o que acredito que aconteceu por ele não ser inteiramente forrado. A vantagem de se utilizar uma modelagem que está acostumada é conseguir acertar o caimento sem precisar fazer mock-ups, o que é prático. O casaco é definitivamente uma das peças do meu guarda-roupa histórico que mais gostei até agora, e junto com a camisa são peças que ainda pretendo testar outras combinações.

Principais referências:

The cut of women's clothes, Norah Waugh
Hecklinger's Ladies' Garment 
https://br.pinterest.com/pin/523684262895893973/
https://br.pinterest.com/pin/523684262890140517/
https://www.youtube.com/watch?v=q_krSA1K98o

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião! Não se esqueça de marcar a caixinha do 'notifique-me' ou deixar um email de contato para que eu possa te responder.