quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Desafio de Costura histórica #1: 1780s Stays

Número do desafio: #1
Tecido: viscose (o tecido principal)
Molde: Peguei do livro Corsets and Crinolines e adaptei para o meu tamanho
Ano da peça: 1780s
Materiais utilizados: Brim, viscose, popeline, viés de algodão, cordão de cetim, barbante, soutache, barbatanas de plástico
Quão historicamente correto é?: 73%*
Total de horas para finalização: juntando os dias em que mexi nele, entre 2 e 3 semanas.
Quando utilizou pela primeira vez: Ainda não usado.
Custo total: Menos de R$10 (eu já tinha os tecidos e as barbatanas, só tive que comprar o cordão e o aviamento x)

*Como eu cálculo a acuidade histórica: 25% aparência, 25% materiais, 25% técnicas, 25% modelagem.

Quem me segue no instagram talvez tenha percebido que eu estou trabalhando nesse stays a meses! Em junho e julho fiquei na parte da pesquisa e comecei a costurar, mas deixei lá parado e só no final de dezembro voltei a mexer nele.

Inspiração:

1780's stays, do V&A Museum

       Esse é um dos stays mais bonitos que já vi...e então quando encontrei o molde em um livro fiquei super feliz e decidi que precisava ter um igual! Mas infelizmente não encontrei um tecido parecido e então tive que fazer uma pesquisa pra ver o que poderia usar no lugar. Essa pesquisa inclusive resultou em um post, esse aqui.

Molde e corte:



      O molde eu passei pro papel usando um projetor, como mostra na foto. É sem dúvidas o método mais fácil de escalar um molde pro tamanho real. Depois disso eu fiz um mock up pra ver se o molde serviria e mim, e deu quase certo! Só precisei diminuir um pouco a cintura...me senti uma moça do século XVIII mesmo, haha. Para tirar a foto eu coloquei o mock up na Jurema (manequim), e dessa vez tem foto do mock up porque ele nem é horroroso como os outros, rs.

Costura e acabamentos:



       Costurar o stays deu menos trabalho do que imaginei... para as barbatanas marquei o lugar das costuras no brim ( o que deu mais trabalho, eu acho) e aí costurei brim + tecido estampado. Na região do decote ele tem cordões dentro de canaletas, costurado da mesma forma que fiz com a barbatanas. Para deixar o interior mais bonito coloquei um forro de popeline. O soutache coloquei entre as costuras dos paineis, assim como na foto do stays original. E nas bordas eu preguei o viés à mão, depois de tentar fazer na máquina e não dar certo, vide essa foto. Os ilhóses eu bordei da mesma forma que fiz no meu short stays, então nem tirei foto.

Resultado:

Infelizmente tive que tirar as fotos pelo celular então elas não estão tão boas =/


A chemise que estou usando na foto é essa daqui

    Eu fiquei muito satisfeita com o resultado :3 Sem dúvidas das peças que eu já fiz é uma das minhas preferidas. O que eu tenho pra apontar que me desagradou são só as alças, que acabaram ficando mais curtas do que deveriam ser (não devo ter prestado atenção nesse detalhe na hora que fiz o mock-up), e as abas ficaram arredondadas ao invés de quadradas como no original. Tem ainda uns detalhes da costura, que não ficou perfeita, mas como é meu primeiro stays desse tipo nem vou dar muita importância pra isso, rs. 
    Eu ando beeem interessada no século XVIII, então é capaz de o próximo post relacionado à costura ser também desse período.
    Até mais ^^

Referências (estão no final do post).


English version:

This is just my second post in English, so be pacient if my English is bad and feel free to correct me :) 

The Challenge: #1: Foundations
Fabric: rayon (or viscose)
Pattern:  No. 16 from Corsets and Crinolines, by Norah Waugh
Year: 1780s
Notions: rayon, denin, cotton, satin cording, plastic boning, cotton bias, cotton string, rayon strip
How historically accurate is it? around 73% *
I measure the accuracy basead on: the look, notions, tecniques, and pattern, wich one worthy 25%
Hours to complete: about 2~3 weeks, working just some hours per day
First worn: worn just for the pictures
Total cost: under $5 (I already had the fabrics and boning in my stash)

Inspiration

1780's stays, from V&A Museum

      I'm in love with this stays since I first saw it. And when I 'discovered' its patterns in Norah Waugh's book I was amazed and decided that I had to make it. Since I did'n find any fabric like the original one I had to use one that was in my stash.

About the pattern and contruction

         It is made in 3 layers of fabric: rayon, denim and cotton (poplin). The bias tape is made of cotton and the cording is made of polyester satin. It is boned with plastic boning. It was almost all made by sewing machine, except by the binding.



     To transform the pattern in a full scale one I used a projector (as you can see in the pictures above) and then made a mock-up. I did fit me relatively well, I only had to reduce a couple of centimeters in the waist. I felt luck for this since I'm not good in altering patterns.



      Then, to sew the bonecases, I marked the sewing guidelines on the denim using a pencil, to sew it correctly. For this reason I decided to use a cotton linen.

The outcome and fitting



I only had my cellphone to take the photos, sorry about the quality


When worn.There's a post only about the chemise here

I'm really happy about how it turned out! The only issues that I realized is that is that the straps are quite short and the tabs that were suposed to be square, are quite rounded. It fit's me well, after all. I wouldn't chage too much when doing it a second time.

Referências/Sources:

Livros/books:

A history of costume, Carl Köhler
Corset and Crinolines, Norah Waugh

Sites:

Couture Mayah
La marquise Parisienne
La Marquise Parisienne 2
One delightful day
Rockin' the rococo
Sidney Eileen
Your wardrobe unlock'd
Victorian & Albert Museum


Um comentário:

  1. Ficou muito lindo!!!

    Parabéns, você está ficando a cada dia mais habilidosa!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião! Não se esqueça de marcar a caixinha do 'notifique-me' ou deixar um email de contato para que eu possa te responder.