quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Tutorial swiss waist

 Como prometido, aqui vai o tutorial do swiss waist que eu usei no meu traje de chá.

Portrait of Princess Mathilde of Bavaria, late 1890s in a dress with a swiss waist

Sobre swiss waist:

  Swiss waist é ama peça semelhante a um corselet ou cinto usada por cima da roupa durante a era vitoriana, entre as décadas de 1860 a 1910. É estruturada com forro e barbatana e se diferencia de um corset waist cincher por não possuir o busk na parte da frente, sendo que por vezes há uma amarração frontal.

  Lembrando para esse tutorial que é uma peça pra usar "de enfeite", então ela será feita na medida da cintura e com uma estrutura básica, pois a pessoa já vai estar usando um corset com estruturação correta por baixo. Além do mais acho válido acrescentar que não sou historiadora e esse tutorial é baseado nas minhas pesquisas.

Materiais:

Menos de 0,5m de tafetá
Menos de 0,5m de brim
Aprox. 1,2m de viés de algodão fino
Aprox. 1,2m de barbatanas de plástico/silicone
Aprox. 10 ilhós
Aprox. 30cm de viés de cetim largo (da mesma cor que o tafetá)

Todas as medidas são aproximadas porque variam de acordo com o tamanho da pessoa.

Passo 1: 
Fazendo o molde.
   O molde de um swiss waist é bem simples (apesar do desenho confuso, rs). Em vermelho estão as linhas que de fato delimitam a peça, em preto as linhas guias pra construção do molde, e em verde estão as medidas que eu usei pra fazer a minha peça. As curvas podem ser mais profundas ou não, dependendo do seu gosto, mas as laterais precisam ser retas.
   É um molde bem intuitivo de se fazer, e uma dica pra ver se o tamanho está bom é cortar no papel e envolver na cintura em frente a um espelho, pra ver como fica.

 O meu molde depois de cortado:

 Passo 2:
Cortar os tecidos.
Pra cortar a parte da frente deve ser posicionada na dobra do tecido. É nessa hora que eu acrescento as margens de costura, sendo de 1cm em toda a sua extensão.

O brim será usado para o forro, e deverá ser cortado assim:
 Já para cortar o tafetá, faremos uma abertura (na linha central do molde) de aproximadamente 8cm , pra que o tafetá fique com esse aspecto drapeado.

Passo 3:
Marcar aonde irão as barbatanas com o lápis.
Também é algo intuitivo, eu dispus minhas barbatanas da seguinte maneira: 2 barbatanas atrás, sendo uma reta e outra inclinada, uma na lateral, e 2 na frente, sendo uma reta (a central) e outra inclinada.


Passo 4: 
Costurar o viés onde a barbatana irá passar.
A marca feita no passo anterior deve ser posicionada no meio do viés, e a costura passa nas duas laterais, onde tem aquela aba.

Depois de pronto:
 Se você se pergunta o porquê de azul, é que era o único viés fino que eu tinha e eu estava com preguiça de ir comprar outro, mas recomendo que escolha um viés da cor do forro.

Passo 5:
Colocar a barbatana dentro das canaletas de viés.
É importante que a barbatana fique de 0,5cm a 1cm da margem de costura para que a barbatana não seja costurada e não atrapalhe quando a peça precisar ser virada.

 Passo 6:
Costurar o forro no tecido principal.
Para costurar assim, o lado direito do tafetá deverá estar para dentro junto com o lado direito do forro (a parte onde não aparecem as canaletas das barbatanas) na hora de costurar. Somente as partes superior e inferior serão costuradas.
 Passo 7:
Desvirar  a peça.
Como a peça foi costurada com as duas faces externas pra dentro, é preciso desvirá-las para que as faces que estavam dentro fiquem para fora.

Passo 8: 
Pespontar a face externa.
Passe uma costura do lado de fora, pra manter o tafetá no lugar e dar um acabamento mais bonito.

 Como fica após pespontar:

Passo 9:
Fechar a lateral.
Na hora de fechar o tafetá deve ser costurado franzido por cima do brim, para que o efeito drapeado se mantenha.

 Passo 10:
Costurar o viés.
Para costurar você tem que primeiramente dobrar a parte de cima, posicionar o viés no avesso, costurar, dobrar pra frente e costurar de novo.

 Depois de pronto:


Passo 11:
Marcar o lugar dos ilhós.
Os ilhós precisam ser marcados paralelamente nas duas laterais, eu fiz eles com um espaço de 3cm entre eles.


Passo 12:
Pregar os ilhós.
E aí que o alicate entra. Você primeiro usa ele pra fazer os furos nos lugares marcados, e depois para pressionar e fixar o ilhós em seu lugar.


Depois de pronto. Note como o primeiro ficou amassado, eu tinha posicionado o alicate de forma errada na hora de pressionar, tomem cuidado com isso.

E fim! Agora é só passar a fita de cetim (eu passei da mesma forma que se passa em um corset) para vestir. Como ficou o meu:



Outras ideias de como adaptar esse tutorial:

Pierre Carrier Belleuse, Woman in a blue-trimmed blouse, 1895-1900

1860's

Tea gown 1885

É isso, espero que tenham gostado e qualquer dúvida é só comentar que eu respondo ^^

Principais fontes consultadas: 
The cut of womans clothes: 1600-1930 - Norah Waugh
The dreamstress
MET Museum


3 comentários:

  1. Acabasse de me dar uma ideia fantástica para meu steamplay de viajante do tempo! *_*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Não tinha pensando nessa possibilidade...

      Excluir
    2. Acho que vou substituir o sash da minha chemise à le reine por uma swiss waist em corino ou em algum tecido adamascado. Mas vou colocar mais barbatanas.

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião! Não se esqueça de marcar a caixinha do 'notifique-me' ou deixar um email de contato para que eu possa te responder.