sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Fazendo um traje vitoriano parte II: Vestido

Recorte do quadro The Great Exhibition,1851 

    Fala-se vestido mas na verdade são duas peças, o corpete (bodice) e a saia. A cintura é um pouco acima da cintura natural, os trajes de baile mostram os ombros, e pra mim é uma peça bem decotada, muito assanhada essas moças vitorianas, haha. O corpete é bem pontudo, o que me deu um certo medo porque a primeira vez que fui fazer uma peça assim não deu muito certo. Eu queria fazer uma réplica do quadro da Grande Exibição, mas pro molde novamente eu me baseei  em peças de outras revivalistas, mas eu também analisei peças de museus e até mesmo o figurino de The Young Victoria.

Dona Josefa em 1852, imagem que usei como referência pro volume da saia
Corpete:

Foi o que me deu um bom trabalhinho, pois é uma peça que deve ser bem ajustada no corpo, além de também ser firme e  diferente do que costumo fazer. Mas confesso que foi uma delícia pesquisar tudo e depois ir vendo o trabalho evoluir...

1850s evening dress.

The Young Victoria

Eu nunca lembro de tirar fotos do processo, mas do corpete eu tenho:

Fotos do molde/tecidos já cortados, em brim, cetim, e algodão

Depois de juntar as peças do forro, passei as costuras (note a diferença na primeira foto, onde a da direita está passada e a da esquerda não) e costurei o viés pra comportar as barbatanas.

 Depois de costurar forro e parte exterior, juntei as duas peças e costurei a gola e barra juntas, pra depois acrescentar as rendas e viés.

   Eu usei cetim (do avesso pra evitar o brilho excessivo), e pra deixar ele mais firme costurei junto com uma camada de brim. Ele possui forro e barbatanas de silicone pra manter ele estruturado. Finalizei ele com viés de cetim e rendas de tule. Nas costas ele é fechado com botões virados pro lado de dentro.
   Eu primeiro fiz uma peça teste em cetim mesmo, pra testar a modelagem, mas fiquei insatisfeita e mudei tudo, haha depois do segundo fiz outra peça teste e aí sim passei pra peça final.

   Não ficou exatamente como era pra ser mas eu gostei bastante do resultado.

Saia:

A saia possui aproximadamente 3m de largura, pra que ficasse bem cheia. Ela é presa no cós com pregas pequenas na parte de trás além das pregas há um franzido.

Resultado final:





Referências consultadas:

Corpete:
Melissa de Vargas, primeiramente, que me deu dicas de como fazer a construção do corpete.
Pinterest
Pintrest II
A evolução da Indumentária (livro), scan das páginas cedido por Sana Skull.

Bem, é isso, termina aqui mais uma parte dessa série de post,  espero que tenham gostado ^^

8 comentários:

  1. Ficou lindo, parabéns Juliana!!
    Você chegou a consultar aquele molde que te mandei?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, consultei e me ajudou muito, rs. Esqueci de colocar o livro ali nas referências, obrigada por lembrar ^^

      Excluir
  2. Muito bom,vc arrasou em todos os sentidos,eu adorei,parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada o/ Assim fico animada pra continuar ...

      Excluir
  3. Ju, o traje ficou lindo! Parabéns!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião! Não se esqueça de marcar a caixinha do 'notifique-me' ou deixar um email de contato para que eu possa te responder.