sábado, 31 de agosto de 2013

Fazendo um traje vitoriano parte I : undergarments parte 2

The Young Victoria

Voltando depois de meses pra continuar a série de posts sobre meu traje vitoriano, haha. Mas logo termino, pois já estou preparando um  medieval e quero escrever sobre ele também.

Estou fazendo mais um post sobre undergarments porque é _muita_ coisa!  Mas nesse termino com todas as roupas de baixo, que vão por cima dessas daqui.

Bumpad:

Essa peça me deu um certo trabalho não por ser difícil de fazer, mas pela quantidade escassa de imagens de peças originais. As que eu encontrava eram do rococó, não lembro de ter visto uma vitoriana mesmo.  Bum pad é uma almofada que ajuda a conferir a armação na área do quadril e dá a impressão da cintura ser menor.

Não foi nada elaborado, mas eu tive que desenvolver a minha própria modelagem baseada nas imagens de outras revivalistas que encontrei. Meu resultado foi esse:



Ela é recheada com algodão sintético (o que eu usei solta uns fiapos que fazem a maior sujeira, recomendo tomar cuidado com isso).
O volume que ela dá:


Anágua de cordão:

 c.1828 Corset, Sleeve supports & corded petticoat

Anágua de cordão de 1830

Essa linda foi a que me deu mais trabalho! Não que fosse difícil de fazer, mas é um processo demorado pois cada cordão precisa ser preso ao longo do tecido... Mas eu fiz um tutorial completo dela, logo mais edito aqui com o link.
Algumas fotos do processo.



Anágua acolchoada / quilted petticoat:

Essa era mais uma das anáguas usadas para conferir volume à saia. Eu acabei não encontrando a manta acrílica pra fazer a minha, e me arrependo, porque em alguns momentos senti que faltou um pouco de volume no meu traje...

 Modelos históricos:
Petticoat 1840-1855 The Metropolitan Museum of Art

Brown polished cotton quilted petticoat, dated 1840-1849, American. Kent State University Museum collection 1983.001.0084

Anágua comum:



Essa anágua não confere volume, mas evita que os cordões da peça de baixo marquem sob a roupa. Acho que não tenho muito o que comentar sobre ela, é uma peça realmente simples e fácil de fazer. tirei a foto dela na parte de trás pra mostrar como eu fecho ela:



Bem, é "só" isso, haha. Ainda estou pensando em como escrever esses posts da melhor maneira possível, então se alguém tiver uma sugestão só comentar aqui ^^

Algumas das referências consultadas:

Sobre a anágua de cordão:
Twila Tee
History of fashion and dress
Cloak and corset
Romantic History
Diários anacrônicos

Bumpad:
Romantic History

Composição das peças:

Moda histórica 

6 comentários:

  1. Adorei você postando de novo, Ju! Agora vê se não pára, tá?

    Anágua de cordão é um negócio chatinho de fazer mesmo. Você engomou com amido de milho ou clara de ovo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paro não o/
      Ah, usei a tal da licença poética pra comprar um algodão já engomado,rs. Tava em conta quando fui comprar o tecido aí pensei "porque não?" Mas pelo que vi ela já ficou bem molinha depois de usa (antes ela ficava até em pé sozinha o.o), na próxima vez que usar acho que vou engomar de novo (com amido, provavelmente).

      Excluir
    2. O ruim dos tecidos engomados de fábrica é isso. A goma caseira é muito melhor e mais durável - mas não esquece de, na hora de fixar a goma com o ferro de passar, usar um pedaço de papel kraft em cima da roupa porque o ferro fica todo manchado de branco se usar direto.

      Eu ainda estou para testar a goma com clara de ovo!

      Excluir
    3. Pois é, e eu achando que estava saindo na vantagem, haha. E não sabia que tinha que passar depois e nem que era assim, obrigada pela dica o/

      Excluir
  2. Respostas
    1. Obrigada! Eu ainda fiquei afim de fazer a acolchoada pra uma outra ocasião xD

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião! Não se esqueça de marcar a caixinha do 'notifique-me' ou deixar um email de contato para que eu possa te responder.